Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2008

AH!

Odeio sentir medo
Odeio ficar insegura

Será que eu vou conseguir fazer as coisas direito?!

Esse jogo de gato e rato...

Quando é a hora certa?
É porque é a hora certa mesmo ou foi somente quando você encontrou a pessoa certa?

Encontramos pessoas certas nas horas erradas
Horas em que não conseguimos, não podemos ou não queremos pensar em outra pessoa...
Encontramos pessoas erradas nas horas certas
Horas em que tudo o que você quer é encontrar alguém, porém, ninguém que encontramos te completa...
Encontramos pessoas certas nas horas certas!
Hora certa para você, mas não para a pessoa

Encontramos pessoas certas, pessoas que te fazem viajar, que te encantam... mas que estão longe, que já são de alguém ou que não se entregam.
Será que eram certas mesmo ou era a hora errada?

Ich will...

O querer traz expectativas
Expectativas sempre são depositadas em outras pessoas ou coisas
As pessoas e as coisas não sabem o que você quer
Logo o querer só traz decepção
O querer desmancha
O querer te afoga
O querer te machuca
O querer te desespera
Se torna uma angústia que quando satisfeita não traz só alívio
Traz serenidade
Traz um sorriso incontrolável
Algo parece explodir no peito
Logo não conseguimos deixar de querer...

Abelhas

"A abelha-mestra
E as abelhinhas
Estão todas prontinhas
Para ir para a festa
Num zune-que-zune
Lá vão pro jardim
Brincar com a cravina
Valsar com o jasmim
Da rosa pro cravo
Do cravo pra rosa
Da rosa pro favo
E de volta pra rosa

Venham ver como dão mel
As abelhas do céu
Venham ver como dão mel
As abelhas do céu

A abelha-rainha
Está sempre cansada
Engorda a pancinha
E não faz mais nada
Num zune-que-zune
Lá vão pro jardim
Brincar com a cravina
Valsar com o jasmin
Da rosa pro cravo
Do cravo pra rosa
Da rosa pro favo
E de volta pra rosa

Venham ver como dão mel
As abelhas do céu
Venham ver como dão mel
As abelhas do céu"

Vinicius de Moraes

PS: minha amiga Le que me mandou, obrigada Le!

Dark eyes

I was waiting for green eyes
But suddenly I was trapped in dark eyes
Dark eyes where I went deep too quick
Deep dark sea
Took me away
Not for too long
Not enough
And for this, I am still secure
Lust...

Ela voltou...

A vontade
A esperança
A fé...

E com isso tudo, a alegria!