Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2013

Afinal, posso me decepcionar?

A decepção vem do que se espera. Tenho tentado não esperar nada das pessoas. Tento fazer o que acho certo e não me decepcionar com o que as pessoas me dão em troca. Afinal, cada um dá o que pode. Ou pelo menos o que querem dar. Alguns me surpreendem. Talvez aqueles em que eu não prestava muita atenção ou que eu julgava não ter afinidade. Muitos foram os que me estenderam a mão sem nem me conhecer ainda. E muitos desses só estiveram ali naquele momento, não fazendo mais parte da minha caminhada. Não tive nem tempo de retribuir. Daqueles que tem permanecido por longo tempo, talvez a maioria não tenha tido a chance de oferecer uma ajuda. Eu não sei pedir ajuda (ou não sabia) e às vezes acho que em muitos momentos criei uma barreira que não permitia aos outros ver o que se passava comigo. Com esses não tive motivos para me decepcionar. Sempre racionalizei demais essa parte da decepção. Talvez tenha sido mais fácil para mim "entender" a atitude do outro do que lidar com o sentime…