Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2014

Copo metade vazio

Imagem
A vida lhe parece mais um monte de dias seguidos cheios de esperança por dias felizes, por dias de amor, por dias de paz... por dias que valem a pena. E que nunca são o amanhã. Vê a espera de momentos que nunca chegam. Vê oportunidades que não consegue-se criar e a perda das que aparecem. Vê a impotência dos atos e o aumento dos desejos, tão inúteis por não fazerem nada sair do lugar. Nada lhe faz sentido. Nem "pense positivo", nem "atrai o que pensa", nem nada. Só pode lhe faltar merecimento. Só pode haver algo errado. Só pode não ser quem pensa que é. Está tudo errado e dizem que está tudo certo. Dizem que tudo tem sua hora. Dizem que tudo chega quando há preparação. Não sabe mais que horas são nem o que mudar. Como preparar? Essa infinita sequência de dias vazios, de dias em vão. Dias que se vão e nunca mais voltarão. O que seria de tudo sem o tempo? Se pudesse esquecer o tempo. Se pudesse esquecer os sentimentos. Se pudesse esquecer esse turbilhão. A vida lhe …