Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2012

... e há milhões dentro de mim.

Imagem
Milhões de sentimentos que se misturam e formam novas cores Milhões de contradições, é um querer ir e querer ficar Milhões de personalidades, é um querer se extroverter sendo introvertida Milhões de vontades Milhões de realidades e realizações É um querer ser livre sem estar sozinha É uma cachoeira fazendo um buraco no peito Uma lagoa sem fim de água fria que entristece e refresca São ventos soprando para todos os lados: norte, sul, leste, oeste São demônios lutando com anjos em uma paisagem vermelha e verde É o renascer de cada dia na palavra que não faz mais sentido E que cura e que machuca e que beija suavemente e voa... E há milhões dentro de mim, e sempre haverá!

Pedaços

Imagem
Antes a instabilidade me estabilizava. Agora ela tem o efeito usual que tem sobre os normais. Everything is broken. Estou em cacos e não sei qual cola usar.

o preço da liberdade

Imagem
O preço da liberdade é chorar sozinho, porque quem está acompanhado nunca é totalmente livre. Estou condenada a vagar sozinha por esse mundo? Acho que sim. Não sei se consigo abrir mão dessa liberdade. Ela toma conta da minha alma e amar é entregar-se. E meu caminho é meu. Tudo o que não consigo controlar descontrola minha paz. E o outro não se controla, nem sequer se tenta controlar. E ninguém me controla. Como colocar tudo que construí a mercê do caminho do outro? Quando, podem dizer o contrário, que foi consenso entre os dois, mas em 99,99999...% do que já vi, é a mulher que muda seu caminho. É ela quem perde a liberdade. É ela que destrói um pouco do que construiu. Será que estou condenada a vagar sozinha por esse mundo? Porque eu já vago bastante e estou cansada. Será que ser livre é tão bom assim? Será que tudo acontece na hora que tem que acontecer mesmo? Porque me parece que eu perdi tantas pessoas pelo caminho. Minhas experiências me fizeram crescer, mas será que outras oportunidades v…