Para meu irmão, com amor.

Hoje é dia do biólogo (parabéns para meus amigos biólogos e para mim!), mas antes de 3 de setembro ser o dia da minha profissão, ele foi o dia que meu primeiro amigo chegou. Eu tinha 4 anos e meio, mais ou menos. Não me lembro da minha mãe barriguda, mas eu lembro que um dia me deixaram na casa da minha avó e me deram uma boneca de presente. Eu que sempre amei ficar com minha vó e vô (ô saudade), nem liguei dos meus pais não estarem ali. No dia seguinte, lembro da minha vó dizendo que meus pais chegaram. Sai correndo lá na frente da casa da linha do trem. É, a gente chamava essa casa da minha vó de casa da linha do trem porque era em uma rua onde os trilhos do trem passavam bem na frente. E eu adorava sair correndo ver o trem passar. Quando sai vi que tinha alguma coisa a mais com eles. Não lembro de mais nada desse momento. Só me lembro da gente sentado na mesa da cozinha almoçando e da minha mãe dizer para eu ir ver como o meu irmão estava. Lembro de ir e ficar lá olhando para ele até minha mãe ir ver o que estava acontecendo. Durante a infância fomos amigo e inimigos, mas sempre os constantes companheiros nas várias mudanças de cidade da nossa vida. Brincávamos juntos, lutávamos juntos, nadávamos juntos na piscina de mil litros, comíamos bisnaguinha com margarina e açúcar juntos, assistíamos tv juntos, criávamos coreografias para as músicas dos vinis do Mc Donald’s juntos. E quando assistíamos algo aterrorizante, mesmo depois de velhos, dormíamos no mesmo quarto.
Sempre foi uma pessoa que todos adoram, mesmo que tenha o mesmo gênio nervosinho e com certo grau de mau humor que eu (variável com o horário do dia). É meu companheiro para falar bobagens, nas horas de sarcasmo e pensamentos do mal. É uma das pessoas que eu mais amo nessa vida. E que eu me preocupo e olha que eu não sou de me preocupar. Eu tenho muita sorte de ter esse irmão. A gente se dá bem! Quantos podem dizer que se dão muito bem com o irmão?
Bruno, nesse seu dia eu quero lhe desejar muita felicidade. Felicidade a gente cria, então que você sempre encontre o caminho para a paz e o amor dentro de você. Eu sinto muita saudade sempre, queria estar sempre pertinho, mas estou em pensamento. E hoje muito mais. Logo mais estarei aí para te agarrar bastante. Te amo muito! Do tamanho do infinito! Feliz aniversário!


PS: pode ser que você, um artista visual e designer de primeira, ache minha montagem tosca, mas é de coração.



Comentários

Que homenagem linda minha querida.
Parabéns ao seu irmão e felicidades sempre para vocês todos,beijinhos no coração.

Postagens mais visitadas deste blog

A importância que damos às pessoas

página em branco

Um fuck pra sociedade!