Outra versão de saudade



Não adianta. Sempre vou sentir esse desejo de "mais uma vez" na boca e dentro do meu peito. Você parece assunto inacabado. Você parece aquele sonho que a vida só deu um gostinho e desviou do caminho. Não, você não é perfeito para mim. Mas sim, você fez surgir um arco-íris aqui dentro. A partir daquelas noites com cara de tardes nunca mais olhei para o amor do mesmo jeito. Com você eu me sentia dentro de um sonho, de um filme. E eu penso, penso e penso mas não descubro o motivo de ter sido assim só com você. Talvez seja porque você voou comigo sem perguntar onde iríamos parar. Talvez seja porque não haveria amanhã. E penso, penso e penso e concluo que não importa: eu não vou conseguir isolar sua essência para usar em outro. Isso se restringirá àqueles dias e àqueles dias somente. Saudade, a palavra que reflete como a gente gostaria de voltar no tempo muitas vezes.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A importância que damos às pessoas

página em branco

Desconstruindo