O rastro dos olhos azuis

O passado pode ser cruel
Marcas que se achava estarem apagadas reaparecem
E sua sombra entristece meu coração
Não me deixa viver o que está aqui
Seus olhos aparecem nos olhos que me querem
A imperfeição do que foi se torna perfeição
Livre quero ser!
Mas perdida em mim logo encontro você
E fujo de quem me encontra
A estrada me liberta e me aprisiona
Você me libertou e me aprisionou
Sigo esperando o dia em que o sol brilhará novamente onde sua sombra se instalou

Um dia cantamos juntos
When nothing else compares... to you...

E o que descreve nossa história

Comentários

Alê disse…
Me enchi de saudade aqui...

Postagens mais visitadas deste blog

A importância que damos às pessoas

página em branco

Um fuck pra sociedade!