Poema da insônia

Há dias em que não quero dormir
Não quero aceitar que tudo continua a mesma coisa
Que o coração continua o mesmo
Não bateu mais forte
Não sofreu
Só bateu
Até que me rendo aos sonhos
E nem neles encontro
Por onde anda?
Perdi a capacidade de me apaixonar?
Perdi o encanto e não encanto mais?
Grandes momentos só nos pensamentos
Romance não existe mais?
Há dias que só quero dormir
Esquecer que o coração só tem exercido sua função básica
Bater
Quando baterá mais forte?


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A importância que damos às pessoas

página em branco

Desconstruindo