The fish in the pound - O peixe na poça

"... Zooropa... be all that you can be...
... Zooropa... Don't worry baby, it'll be alright
Zooropa... You got the right shoes
Zooropa... To get you through the night"



http://sombrasearvoresaltas.blogspot.com/2011/04/zooropa-traducao.html



In these days, lost in a pound of knowledge, I run away from a fish called Pressure. This fish made me scare of swimming in one knowledge pound and yet, it makes me wish for another one. But Pressure bites my head every day. And it hurts. It wants me to spread knowledge. It wants me to do the best with knowledge. It wants me to turn this knowledge into rocks until winter comes, so others can find it in that pound. It wants me to swim in far away pounds of knowledge too and at the same time. These bites hurt. They make me anxious. And it won’t stop. I hate this Pressure fish. It makes me wish for frozen pounds. Or “all you can eat” pounds! I wonder what the role of this fish is…
Of course! How could I not see this?! He is feeding on my anxiety. Each bite takes a piece of it. Now all I have to do to stop biting is stopping creating anxiety. He will starve and leave me alone.




Nesses dias, perdida em uma poça de conhecimento, eu fujo de um peixe chamado Pressão. Esse peixe me faz ter medo de nadar em uma poça de conhecimento e ainda assim, me faz desejar outra. Mas Pressão morde minha cabeça todo dia. E machuca. Ele quer que eu espalhe o conhecimento. Ele quer que eu faça o melhor com o conhecimento. Ele quer que eu transforme esse conhecimento em pedras até que o inverno chegue, para que outros possam encontrá-lo naquela poça. Ele quer que eu nada para poças de conhecimento distantes também e ao mesmo tempo. Essas mordidas machucam. Elas me tornam ansiosa. E isso não vai parar. Eu odeio esse peixe Pressão. Ele me faz desejar por poças congeladas. Ou poças “rodízio”! E eu imagino qual seja o papel desse peixe...
Mas é claro! Como eu não pude ver isso?! Ele está se alimentando da minha ansiedade. Cada mordida tira um pedaço dela. Agora tudo o que eu tenho que fazer para parar as mordidas é parar de criar ansiedade. Ele vai morrer de fome e me deixar em paz.


  

Comentários

Holy Joe disse…
Sob pressão estamos pirando. Não podemos dar a nós mesmos mais uma chance?

'These are the days it never rains, but it pours'

Parabéns pelo blog, Patrícia!
Denise Portes disse…
Querida,
Um domingo de amor e chocolates pra você.
Beijos
Denise
Cris Paulino disse…
ninguém consegue nadar tranquilo sob pressão..
boa semana flor.. beijoss
Paulo Romero. disse…
Olá Patrícia,

parabéns pelo blog,o encontrei por acaso,mas gostei muito,pois achei bem completo e interessante.

Abraço.
Paulo Romero.
Meliponário Braz.

Postagens mais visitadas deste blog

A importância que damos às pessoas

página em branco

Desconstruindo