Perder alguém que não se tem

Foi assim
Meu coração... tenho a certeza de que parou
Não sinto minhas mãos
Não sinto meus pés
Não consigo respirar
As lágrimas pararam em algum lugar entre os olhos e o exterior
Agora não sinto nem minhas coxas
Coxas que te enlaçaram
Um calor tomou meu rosto
Não sinto as mãos que te tocaram
O braços dos abraços tremem
Enquanto eu ainda não acredito
Que está tudo no passado
Meu corpo formiga
Meu coração ficou gelado
Não sinto minha cabeça...
Será que é assim morrer um pouquinho?
Como você pode me afetar assim?
Não consigo chorar
Não consigo respirar
E a chuva começou bem nesse momento
O trovão é o mundo gritando para eu voltar?


Foi assim quando descobri que definitivamente você nunca irá voltar
Nem que eu vá ao seu encontro
Me esqueceu...
Que sensação horrível e sem sentido! Já faz tanto tempo...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A importância que damos às pessoas

página em branco

Desconstruindo