2011.



Se o tempo é contínuo, como recomeçamos?

2011 me consumiu
Tirou meus pés do chão tantas vezes
Pousei em tantos lugares
Norte, Sul, Leste, Oeste
Não tanto para Oeste
Churrasco no Sul
Pizza no Sudeste
Fondue na França
Guacamole no México
Virose na Argentina
Escondidinho no Nordeste

2011. O ano do show do sonho. U2.

2011 me exauriu
Usei tanto minha mente
Virei doutora
Virei e desvirei muitas coisas
Pensei sobre a vida todo dia
Intensamente

2011 me atingiu
Nível de saudade mais alto de todos os tempos
Sentimento de solidão na multidão
Distanciamento de alguns amigos
Aproximação de outros
Verdades reveladas
Inocência quebrada
Busca pela justiça
Laços desfeitos
Paz abalada
Muitos "ses"
Pouco foi muito
Amor a quem mereceu
Mais uma estrela da minha infância se foi
2011. O fim de uma etapa.
E todo fim é difícil.
E toda transformação dói.



Que 2012 seja leve.


Comentários

Alê disse…
Doce Menina,


Passando pra desejar um 2012 repletoooo de paz,

Que possamos caminhar juntas nesse universo maravilhoso,


Bjkas

Postagens mais visitadas deste blog

A importância que damos às pessoas

página em branco

Um fuck pra sociedade!