Cada pedaço da vida


Em alguns momentos me sinto tão bem comigo mesma. Uma alegria brota no peito e se expande apertando as paredes de meu tórax de dentro para fora. E tudo explode em um sorriso solitário, em um momento que dura segundos e me faz imaginar o que provocou esse sentimento. Esse contentamento relâmpago, uma paixão por mim mesma, por estar viva. Sempre vem enquanto caminho em uma rua conhecida e me lembro do que já vivi ali. Já me veio em ruas desconhecidas ao pensar que estou em mais um lugar por aí nesse mundo. Saborear a vida é como comer um doce delicado.  É preciso sentir tanto a textura quanto o sabor, morder aos poucos, apreciar cada pedaço.

Comentários

Alê disse…
Que delícia de postagem!

Estar em paz com a gente mesmo:não tem preço!



Bjkas
Madame disse…
...simplesmente curtir o que ha.

beijus
Também acho! As vezes, o apressado come cru. O tempo passa e o que era doce? Se acabou...
;)

Postagens mais visitadas deste blog

A importância que damos às pessoas

página em branco

Desconstruindo