Eu hoje e muitas vezes

Eu não aguento essa tristeza que acorda comigo em meu peito
Como se o peso do mundo estivesse sobre meu corpo
É tanta lágrima que meus olhos represam
É tanta vontade de sair voando por aí
É tanto sentimento que eu queria gritar aos sete ventos que eu estou aqui
Saudade
Amor
Tristeza
Gratidão
Solidão
Há dias assim, quando nem esse céu nublado e a chuva me consolam
Há dias assim, quando eu nem sei mais de mim
Nem de você, nem do mundo
Surreal
É tanta vontade de deitar e dormir até isso passar
É um loop de sentimento que sempre culmina com a vontade de partir

Essa música sou eu hoje:

Comentários

Dama de Cinzas disse…
Me sinto meio assim...

Beijocas
Denise Portes disse…
Patrícia,
Eu acho que todos nós sentimos isso, o bom é que passa, o ruim é que volta. Eu tento a cura escrevendo.
Um beijo
Denise

Postagens mais visitadas deste blog

A importância que damos às pessoas

página em branco

Desconstruindo