Razão contra a atração

28 de março. 23:45. Venci a atração. Respeitei meus sentimentos. E assim, consegui me respeitar. Agora sei como é me amar de verdade. Finalmente aprendi e incorporei o "não se perde o que não se tem". Perdi o medo de ficar sozinha. Recusei o pouco porque eu mereço é muito. Não quero alguém pela metade, eu quero alguém por inteiro. Acho que envelheci. Não quero mais perder meu tempo com os errados. Já não me divirto tanto com isso e você não é mais novidade. Passou de rolo a papiro. Sorry baby, mas não vai rolar mais. O tempo é precioso e meus sentimentos valiosos. E não é alguém como você que eu quero. Eu te desejo, seu olhar me hipnotiza e o contato com sua pele me arrepia. É difícil conversar com você e não desejar a sua boca. Mas eu não quero alguém que me deixe em segundo plano. E a vida me ensinou que a mudança começa em nossas atitudes. Me deu um certo controle e me tirou a ingenuidade. Eu brilho. Quero alguém que me trate como sua estrela. E eu até já encontrei. Só que preciso atravessar um continente. E você não vai mudar.




Comentários

Ao lixo o que é do lixo...

Autoconfiante seu texto, gostei muito!

beijo
Dama de Cinzas disse…
Se a maioria das mulheres brasileiras passassem a pensar assim, teríamos uma condição melhor nesse país.

Beijocas
Bem Resolvida disse…
isso é pensamento de mulher bem resolvida!!
Alê disse…
Patricia,

Nosso primeiro amor deve ser esse: o amor próprio,

Como já escreveu alguém, restos e raspas, não quero mais



Bjkas
A.S. disse…
O teu sorriso lindo espelha felicidade! Dentro do teu peito habitam ainda todas os sonhos, todos os desejos...


Beijos,
AL
Luria Corrêa . disse…
Tirou as palavras da minha boca. Essa contradição -se assim posso dizer- dentro da gente me irrita, mas gosto de acreditar que ela é necessário pro meu crescimento como gente. Que mente. Mente a sim mesma, mas ainda sim acha que não poderia estar errada. rs

Postagens mais visitadas deste blog

A importância que damos às pessoas

página em branco

Um fuck pra sociedade!