And life goes on... E a vida continua...

Yeh, life goes on...
One of these days I dreamed I was a new born vampire learning to fly... then I dreamed I was working on a place created because of the construction of a brigde... The bridge was going to connect Brazil to Europe hahaha All I can remember is that I was laughing right before I got lost in some dark rooms...
I had two weird dreams the night before last one. It's better call them nightmares. In one I stopped my car near a bridge, I was with my brother. Suddenly some guys appeared and I had no money to give them. Angry, they started taking pieces of my car's engine... and we couldn't move. I was desperate... I woke up! In the other one I was in Africa. I was alone, my friends would arrive later. Many people around. Then suddenly a boy pointed at me and some other people and asked me to say my name and country. I didn't, but he saw on a book I was carrying and it was written Chile. They wrote on our shirts and took us elsewhere and would not let us go. I was desperate... I woke up! And I had to get up for my relief... and today I don't remember my dreams. I guess it's better, because I woke up feeling desperate again, but I don't know why. Where are my nice nights? I was enjoying not having weird dreams so much! Am I concerned about something? There are lots of things going on but I don't feel nervous. Even my Brazilian post doc is already arranged. Well, we still need funding, but... I have lots to study and I'm helping to write a chapter, but I've done things like this before... so, what is it?! What is wrong with me? Why can't my mind and my heart be quiet?

Sim, a vida continua…
Um dia desses sonhei que era uma vampira recém-criada aprendendo a voar... então eu sonhei que estava trabalhando em um lugar criado por causa da construção de uma ponte... a ponte ia ligar o Brasil a Europa hahahaha Tudo o que lembro é que eu estava rindo bem antes de me perder em uns quartos escuros...
Eu tive dois sonhos antes de ontem. É melhor chamar de pesadelos. Em um eu parei meu quarto perto de uma ponte, estava com meu irmão. De repente uns caras apareceram e eu não tinha dinheiro para dar. Com raiva, eles começaram a tirar pedaços do motor do meu carro... e eu não conseguia sair dali. Estava desesperada... acordei! No outro eu estava na África. Estava sozinha, meus amigos iriam chegar mais tarde. Muitas pessoas em todo lugar. Então de repente um menino apontou para mim e outras pessoas e me perguntou meu nome e meu país. Eu não disse, mas ele viu em um livro que eu estava carregando e por um acaso dizia Chile. Eles escreveram em nossas camisetas e nos levaram para outro lugar e não nos deixavam ir. Estava desesperada... acordei! E tinha que levantar, para meu alívio... e hoje eu não lembro dos meus sonhos. Acho que é melhor assim, porque eu acordei me sentindo desesperada de novo, mas não sei o motivo. Cadê minhas noites boas? Estava gostando tanto de não ter tantos sonhos esquisitos! Estou preocupada com algo? Há diversas coisas rolando, mas eu não me sinto nervosa. Até meu pós doc brasileiro está arrumado. Bom, ainda falta a bolsa, mas... eu tenho que estudar bastante e estou ajudando a escrever um capítulo, mas eu já fiz isso antes... então, o que é isso? O que está errado comigo? Por que minha mente e meu coração não podem ficar quietos?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A importância que damos às pessoas

página em branco

Um fuck pra sociedade!