AHHHH! Yell! Grite!



Por que eu não consigo escrever sobre esse sentimento?
Aí vem, inspiração!


O que nós devemos sentir quando a culpa não é de ninguém?
Bom, a pergunta deveria ser "como devíamos nos sentir?"
O que eu precisava era escutar o que eu sabia no fundo do meu coração... escutei
No início houve um silêncio, como se tudo tivesse parado dentro de mim
Um silêncio tenebroso... trouxe medo... meu coração começaria a gritar novamente?
Gritar sobre o passado
Gritar sobre o presente
Gritar sobre essa fome por amor, por paixão
Gritar sobre esse presente que requer aceitar as coisas como elas são
Distância geográfica... sempre o que acontece comigo!
Isso acalma meu coração porque não é alguém sendo um idiota
Mas o deixa com raiva porque não é a primeira vez
E tem sido assim
Também senti liberdade
Caminhos novos, possibilidades novas...
Mas minha cabeça vai estar no controle até quando?
Estou cansada de pensar em como deveria me comportar
Estou cansada de pensar no amor
Eu só quero vivê-lo
Não quero estar vazia novamente
Talvez seja por isso que eu ainda penso nisso... eu só não quero parar de sentir algo
Permanecer viva!
Viver!
De uma maneira intensa... não apenas viver...
Estou apaixonada pela paixão!




Why can't I write about this feeling?



Here it comes, inspiration!


What are we supposed to do when it's nobody's fault?
In fact, the question is "how are we supposed to feel?"
What I needed was to hear what I knew deep in my heart... I heard
At first there was a silence, like everything had stopped inside me
A creep silence... brought fear... would my heart start yelling again?
Yell about past
Yell about future
Yell about hunger for love, for passion
Yell about this present that demands accepting it the way it is
Geographic distance... always what happens to me!
It calms my heart because it's not someone being a jerk
But it makes it angry because it's not the first time
And it's been like that
I also felt freedom
New paths, new possibilities
But will my head be on control until when?
I'm tired of thinking about how I should behave
I'm tired of thinking about love
I just want to live it
I don't want to be empty again
Maybe that's why I keep thinking about it... I just don't want to stop feeling something
Stay alive!
Live!
In an intense way... not just living...
I'm in love with being in love!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A importância que damos às pessoas

página em branco

Desconstruindo