Now it’s up to the bees – a lit bit of my real life

By the end of 2010 my plants were attacked by aphids… again!
I talked to some researchers and arranged to come to Porto Alegre to try to do my experiments on their tomato greenhouse. I was very happy!
When I arrived and went there to see the plants… surprise!!!!!!!!!! And not a good one… between X-mas and New Year’s Eve the plants were attacked by a virus. The flowers all dried out. I had no reaction. I just thought “ok”. All these years it was more common the plants I was going to use to die than to live and everything work out, so now I just don’t care. I guess I got used to it and at least I hadn’t started. The worst was when I needed the fruits as they were my results and just before being ready to harvest they all died from a bacteria and I lost three months of work. Hard work. Now it’s the end and I have enough results for a thesis. I’d like to add one more bee species because I believe it would make my thesis better, but… I’m doing what I can and I need to start writing soon.
As I’m here, I love being here south and my dear friends found another place for me to try… I’m trying! It isn’t a greenhouse, it’s an open field plantation, but we improvised a cage and placed the bees inside. The best is that is all handmade (thanks for the help Ju and Le)… and it’s pink! Hahahahahaha! There was no white tissue to sell! It looks like Barbie cabin, but I surely not feel like agriculture Barbie! Well, the colonies are there for a week now and the bees fly everywhere except to the flowers. So now my future in the next months is up to these bees. And people ask me why I have a bee tattoo… I guess they have determined my future since 2002. My future on the wings of the bees. Thank God (Evolution) they make honey and pollinate flowers! And I study stingless bees… which means that they cannot sting my future ;) Maybe that’s why everything is almost all the time sweet to me.
So bees… my future is up to you! You are going to decide when I’m going back to Ribeirão Preto. Also, whether I’m going to Canada again or not, because I can go only if I have samples to analyze there, I can’t think of something else to use my research money to go and I can’t afford it (whoever said money doesn’t bring happens was rich!). Also you are going to decide whether I’m going to Uberlândia too. And how many chapters there will be in my thesis. And part of the quality and success of it. And so on.
If you are going to work, bees, start SOON, please! If not, just give me a sign… I’ve been spending around an hour and a half to go and another hour and a half to come back from the field just to see you doing nothing, by bus, in this unpleasant hot weather, money and other people’s time… and I have a lot of work to do, like writing and new vibration analyses!
I guess I’m waiting another week and that’s it. I would be so happy to get there on Monday and see you guys vibrating on tomato flowers! It would be so nice, beautiful and fun! And after some days you would be free again to visit whatever, wherever, whenever you want!
I’m counting on you little bees of my heart…



Agora é com as abelhas – um pouco da minha vida real

No final de 2010 minhas plantas foram atacadas por afídeos (pulgões)... de novo!
Eu falei com alguns pesquisadores e combinei de vir a Porto Alegre para tentar fazer meus experimentos na casa de vegetação deles de tomate. Eu estava tão feliz!
Quando cheguei e fui lá ver as plantas... surpresa!!!!!!!!!! E não era boa... entre o Natal e o Ano Novo as plantas foram atacadas por um vírus. As flores todas secaram. Eu não tive reação. Só pensei “ok”. Todos esses anos foi mais comum que as plantas que eu ia usar morressem do que vivessem e tudo funcionasse, então agora eu não ligo mais. Eu acho que me acostumei  com isso e pelo menos não tinha começado. O pior foi quando eu precisava dos frutos já que eles era meus resultados e bem antes de colher eles todos morreram de uma bactéria e eu perdi três meses de trabalho. Trabalho duro. Agora é o fim e eu tenho resultados suficientes para uma tese. Eu gostaria de adicionar mais uma espécie de abelha porque eu acredito que a tese ficaria melhor, mas... eu estou fazendo o que posso e eu preciso começar a escrever logo.
Como eu estou aqui, amo estar aqui no sul e minhas queridas amigas encontraram outro lugar para eu tentar... estou tentando! Não é uma casa de vegetação, é uma plantação em campo aberto, mas nós improvisamos uma cabana e colocamos as abelhas dentro. O melhor é que é tudo feito a mão (obrigada pela ajuda Ju e Le)... e é rosa! Hahahahaha! Não tinha voal branco para vender! Para a cabana da Barbie, mas eu certamente não me sinto a Barbie agricultora! Bem, as colônias estão lá faz uma semana agora e as abelhas voam para todos os lados menos para as flores. Então agora meu futuro nos próximos meses é com essas abelhas. E as pessoas me perguntam por que eu tenho uma tatuagem de abelha... eu acho que elas determinam meu futuro desde 2002. Meu futuro nas asas das abelhas. Graças a Deus (Evolução) que elas fazem mel e polinizam flores! E eu estudo abelhas sem ferrão... o que significa que elas não podem ferroar meu futuro ;) Talvez seja por isso que tudo é tão doce para mim na maior parte do tempo.
Então abelhas... meu futuro é com vocês! Vocês vão decidir quando eu volto para Ribeirão Preto. Também, se eu vou para o Canadá de novo ou não, porque eu só posso ir se eu tiver amostras para analisar lá, não consigo pensar em outra coisa para usar o dinheiro da minha pesquisa para ir e eu não posso bancar do bolso (seja lá quem foi que disse que dinheiro não traz felicidade era rico!). Além disso vocês vão decidir se eu vou de novo para Uberlândia. E quantos capítulos minha tese vai ter. E parte da qualidade e do sucesso dela. E aí por diante.
Se vocês vão trabalhar, abelhas, comecem LOGO, por favor! Se não, me dêem um sinal... eu tenho gastado mais ou menos uma hora e meia para ir e mais uma hora e meia para voltar do campo apenas para ver vocês fazendo nada, de busão, nesse calor insuportável, dinheiro e o tempo de outras pessoas... e eu tenho muito trabalho para fazer, como escrever e novas análises de vibração!
Acho que vou esperar mais uma semana e é isso. Ficaria muito feliz de chegar lá na segunda e ver vocês vibrando as flores de tomate! Seria tão legal, lindo e divertido! E depois de alguns dias vocês estariam livres novamente para visitar qualquer coisa, em qualquer lugar, quando queiram!
Estou contando com vocês abelhinhas do meu coração...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A importância que damos às pessoas

página em branco

Um fuck pra sociedade!