Weekend

Sei que só tenho agradecer, mas esse fds foi um tédio! Se não fosse as séries do coração, os joguinhos e o msn tinha enlouquecido... Vai dando uma coisa, um desânimo, uma tristeza... não ter para onde ir é complicado e é difícil não sentir solidão, mesmo sabendo que tudo isso é uma grande oportunidade! Eu sei que é para crescer, que é para o bem, eu que quis e etc, mas quem consegue mandar no coração? A partir de amanhã vou trabalhar loucamente para terminar rápido os experimentos aqui, pelo menos a parte do tomate, e poder dar uma saída daqui para passear um pouco, curtir um pouco. Se ao menos tivesse ônibus para ir para outra cidade que não seja uma vila hahahahaha!

Comentários

FRancisco disse…
O seu texto mostra o quão matura tu és. As oportunidades são únicas, elas são como a água da chuva, jamais passarão em baixo da mesma ponte. Procure pensar no lado positivo da solidão, ela nos faz refletir muito sobre tudo e todos. Ela nos torna meio que um filósofo muito embora após todas as elocubrações nos sobre uma dor profunda que se chama saudade, saudade, palavra triste.Mas, contudo, nos resta as conclusões do nosso humilde filosofar. Aproveite, o mundo está ficando povoado demais, aliás, nós nem deveríamos estar nesta casa, que digo santa pois, aqui estamos em busca do nosso conhecimento e melhoramento enquanto seres pensantes, espíritos que buscam a melhoria para um dia poder chegar à casa do PAI. Te amo, seu pai, Francisco. Abração e um grande beijo no seu coração.

Postagens mais visitadas deste blog

A importância que damos às pessoas

página em branco

Desconstruindo