E começa a aventura!



Dia 9 de julho. Como é difícil dizer tchau. Parece que quanto mais perto da hora de ir melhor ficava. Rimos tanto nessa “última” noite. Acho que ele se apaixonou mais pelo brigadeiro do que por mim, mas tudo bem! Hehehehe E pela primeira vez comi um prato de salada inteiro... e só de salada! Alface, tomate, cenoura, queijo feta e um temperinho especial. O que os olhos azuis não fazem...

Engraçado, sempre antes de viajar não durmo direito, acordo a cada meia hora... dessa vez dormi feito um anjo!

Dia 10 de julho. A viagem tinha que começar com emoção né! Claro, o que eu vou contar pro povo se der tudo certo demais?!
Acordei e pensei “nossa! como está claro”. Olhei no relógio: 6:10h! Puta que pariu, fudeu! Só podia pensar isso. Tinha que ter acordado 4:50h, já que tinha que encontrar Peter e Tom 5:30h na Universidade para ir para Toronto. Vôo 8h. Bateu o desespero. Troquei de roupa em segundos pensando “O que eu faço?! Puta que pariu, nunca aconteceu isso antes, meerrrrda”. Christoph... corri, bati na porta... “Christoph, can you help me?!”… Contei que meu celular não despertou e que estava atrasada, se ele não podia me levar. Cinco minutos depois estávamos no carro. Passamos na Universidade e claro que já tinham ido. Toronto então. Ai que anjo! Ele ainda foi conversando e até que nem pensei que estava atrasada. Cheguei lá 7:15h. UFA! Dá tempo! Que nervo! E a culpa nem é do celular... mas odeio ele mesmo assim, porra de celular... há a opção “Segunda a sexta” no alarme e eu esqueci disso... claro que no sábado não ia despertar!
Entrei no aeroporto. Filas e mais filas. Nos guichês, nas máquinas de check in. Porra! Esse povo todo viajando cedinho... Inferno! Fiz o check in na máquina. Big fila para mandar a mala. Às vezes pra puta que pariu. Odeio viajar de avião! Corri para uma moça da Air Canada e disse “tenho que embarcar daqui 5 minutos”. Sim, a porcaria da hora de embarque era 7:25h. Ela me passou na frente de todo mundo e a mulher do guichê disse “voe como o vento”. Não se diz isso para uma pessoa desesperada e que odeeeeeia estar atrasada! Sai correndo, ai que desespero! No fundo sabia que dava tempo, a gente não pode entrar no avião 10 minutos antes do vôo só, mas sabe como é né... Aí que lembrei que ainda tinha a merrrrrrda da segurança para passar. Outra fila. Sai falando que estava atrasada. Me deixaram passar na frente. Mas a filha da puta da segurança me colocou na maior fila, que não andava. Ah! Dois minutos depois troquei de fila, claro. Foda-se. Tira laptop da mochila, celular, coloca a jaqueta, o saco de dormir, a mochila, cada um em uma bandeja. É claro... “tire as botas, por favor” CARALHO! Não tenho tempo de tirar botas... vontade de mandar enfiar as botas no rabo! Bom, revista logo cacete.
E aí pegar tudo, colocar na mochila e cadê as botas?! Uma merda de uma mala na frente... vem logo caraio! Passaporte cai do outro lado da esteira... AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA! Vai, chega tarde em casa quando tem que acordar 5h, se fu@*#! Mal coloca as botas... 1 minuto para o embarque. Parece que os 4 minutos foram uma eternidade! E é claro que o portão era o último do corredor... dá umas corridinhas... vejo os dois, conto tudo, Peter me deu um abraço. Só risadas. Ufa! Vou para Churchill mesmo.
E para dar mais ódio de empresa de avião... o embarque começou 15 minutos atrasado e o vôo saiu 30 minutos atrasado. Bando de filha da puta! Corra como o vento pra que?!
O vôo foi tranqüilo, exceto pela barriga roncando. 12 horas sem comer e nada de comida no avião, só se comprar. Tomei um copo de água. Não compro aquelas porcarias nem fudendo hahahaha Duas horas e meia depois chegamos em Winnipeg. Minha mala não foi para puta que pariu, mas a do Tom ficou lá na puta que pariu de Toronto. Ufa! Se fosse a minha ir voltar na mesma hora de busão... Morrendo de fome, só fui comer 1 hora depois que chegamos. Ai que delícia comer!
Fomos fazer check in na Calm Air. A moça me perguntou “Brasil? O que você tá fazendo aqui? O Brasil é tão legal”. Bom, depois ficamos na área que dá para observar decolagens e pousos matando o tempo. E chega a hora de embarcar de novo. Outra vez segurança. Vai passar no detector de metais. Biiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii! Bosta, esqueci de tirar o cinto... fui revistada de cabo a rabo. Estava com uma calça dessas skinni... tipo, justa pra cacete, ótimo pra celulite sabe... e a mulher ainda ficou me apertando. Só se eu tivesse uma lâmina ultra fina de ninja... pelo menos não me mandou tirar as botas, só ficou apertando meu pé. Se ainda fosse um segurança gostosão, mas mulher nem tem graça!
Sentamos lá esperando e assistindo Uruguai contra Alemanha. Embarque. Que avião pequeno! E é de hélice ainda! 33 acentos. Ai ai ai ai ai! Mas foi tudo bem. Poltrona única. Janela. Música na orelha para abafar o barulho das hélices. Dormi um bom tempinho. Acordei com turbulência. Cheio de lombada no céu, cada frio na barriga. Passou e dormi de novo. A única coisa chata do vôo foi um povo que ao invés de falar gritava. Disse “cala a boca, inferno”. Vontade de falar em inglês. E ainda estavam falando em uma língua maluca, acho que eram esquimós hehehe

Chegando em Churchill, finalmente, uma paisagem tão diferente. Vários lagos, tudo tão, mas tão plano.
E o piloto diz “Chuva, 7°C”. Eba! Frio de novo! E vi meu primeiro urso polar:



Fomos para o “Centro de estudos de Churchill do Norte”. Paisagem totalmente diferente. Laguinhos, pinheirinhos, flores roxas. Nublado hoje e frio. Chegamos e uma placa na porta de entrada “Não ande, ursos polares”.

Recebi um formulário sobre ursos polares. Nas janelas tem grades contra ursos polares. Quero ver um!

Jantamos. Até que tem bastante gente no centro. Arrumamos as coisas para a coleta de amanhã. Uma passadinha pela internet para avisar que está tudo bem, arrumar as coisas para amanhã, já que vamos passar a noite em Gillam, banho, escrever sobre hoje e cama! E agora que está escurecendo, apesar de ser 22:30h!


Comentários

Mariana disse…
Nossa Véia! Cansei só de ler, mas tb ri muito com seus xingamentos, fiquei imaginando vc xingando...hehe.
E o melhor é o nome da cia "Calm Air"...hehehe
bjos e aproveita mega ai
Renata disse…
Caraca...fiquei até sem fôlego com a sua correria!!!rs
Eu no seu lugar teria pirado o cabeção e ficar sem comer NEM PENSAR!!!hahahahah
Mas q bom q no fim deu td certo né?rs
Beejoo.

Postagens mais visitadas deste blog

A importância que damos às pessoas

página em branco

Um fuck pra sociedade!